História de Paul McCartney

     Paul McCartney nasceu no dia 18 de junho de 1942 em Liverpool. Paul era o primeiro filho de Mary e James McCartney. Dezoito meses depois ganhou um irmão, Michael. Sua mãe era uma parteira, e morreu de câncer de mama em 1955. Seu pai era vendedor de algodão, e músico, jazzista amador.

     Em 1957 Paul entrou para o Liverpool Institute, um famoso colégio perto do centro da cidade. E foi nas idas para o colégio que ele conheceu outro jovem estudante, George Harrison.

     Certo dia (6 de Julho de 1957), Ivan Vaughan, outro amigo de Paul, o convidou para ir a "St. Peter's Church" onde tinham várias bandas se apresentando, incluindo a banda de John Lennon, "The Quarry Men". Paul foi apresentado a John Lennon, e tocou guitarra pra ele. No dia seguinte John convidou Paul para entrar na banda. Começava aí a maior parceria musical da história. Paul McCartney era o mais romântico dos Beatles. Músicas como Let it Be, Yesterday, The Long and Winding Road provam seu caráter romântico.

     Paul é considerado um músico perfeito. Além do baixo, toca inúmeros instrumentos - inclusive na música "Back In The USSR" o baterista é Paul, pois nesta época Ringo estava doente.

     Durante os tempos de Beatles foi inventado o maior boato da história da música, no qual Paul McCartney teria morrido em um acidente de moto, e sido substituído por um sósia. Leia mais na seção Boatos da morte de Paul McCartney.

     Após Brian Epstein (empresário dos Beatles) ter sido encontrado morto, em Agosto de 1967, Paul estava determinado a previnir o grupo de perder seu interesse em suas carreiras, e os encorajou a gravar o filme "Magical Mystery Tour". Isso causou um pouco de desentendimento entre ele e John, pois, segundo John, Paul estava tentando se tornar o líder da banda.

     Em 1968, Paul conheceu Linda Eastman, e eles se casaram em Março de 1969. Paul adotou a filha da Linda, Heather, e tiveram mais 3 filhos: Mary, Stella, e James.

     Durante as filmagens e gravações do projeto Get Back (Let It Be), Paul e George entravam constantemente em discussão. O clima entre os Beatles já não era mais o mesmo. Paul ficou mais irritado quando os outros 3 Beatles apontaram Allen Klein para ser o empresário da Apple Corps (empresa dos Beatles) contra os desejos do Paul.

     Paul começou a trabalhar em segredo no lançamento de um disco solo. Logo após resolveu anunciar oficialmente que estava deixando os Beatles devido a "diferenças músicais".

     A carreira solo de Paul foi a de maior sucesso entre os 4 Beatles. Após o fim dos Beatles, Paul McCartney lançou 2 discos solo (McCartney e Ram), ao lado de sua esposa Linda. Em seguida, formou outra banda, os Wings. Com os Wings ele gravou clássicos como: My Love, Live And Let Die, Mull Of Kintyre, Silly Love Songs, Band On The Run, Jet entre outros... A banda durou até 1979.

     Na década de 90 Paul fez um show no Rio de Janeiro, com um público de 184.000 pessoas, e levou o Maracanã ao delírio. Paul já veio duas vezes ao Brasil para fazer shows, em 1990 e 1993, se apresentando em São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba.

     Paul está atualmente com 62 anos de idade, e continua com o mesmo fôlego e animação dos tempos dos Beatles, o que mostra sua dedicação à música e ao seu público.